Aprovado relatório final da CPI da Ponte Hercílio Luz

A Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou eventuais irregularidades nas obras da Ponte Hercílio Luz, aprovou nesta quarta-feira, 18, por unanimidade, o relatório final que altera a expressão “passamos a indicar de maneira objetiva os nomes cujo indiciamento indicamos” e substitui por “passamos a encaminhar os nomes para apuração do Ministério Público e Tribunal de Contas de possíveis condutas que possam ser consideradas ilícitas”.

O documento será encaminhado ao Ministério Público junto ao Tribunal de Contas, Ministério Público e Tribunal de Contas. “Foi mantida toda parte de apuração, toda relação de nomes a as conclusões. Não foi o final esperado mas apresentamos um resultado positivo para os catarinenses”, afirmou o deputado Bruno Souza (Novo), relator original da CPI.

O parecer final da CPI da Ponte Hercílio Luz é composto por 1.842 páginas, sendo quase 400 referentes ao voto do relator. As páginas 1.718 e 1.719 receberam alterações e o novo relator encaminhou os nomes de 20 pessoas para apuração de possíveis ilicitudes, além da declaração de inidoneidade ou a suspensão à atuação em procedimentos licitatórios de seis empresas. Entre os crimes que estão sugeridos pra serem apurados estão improbidade administrativa, falsidade ideológica, prevaricação, fraude à licitação, associação criminosa, lavagem de dinheiro, falso testemunho, entre outros.

Citadas no relatório final da CPI:

Pessoas

Raul Ozório de Almeida
Telmo Fernando Mattar de Souza
Tolstói Maia Duarte
Sidney Lourenço Dal Sasso
Hubert Beck Júnior
Roberto Alexandre Zattar
Paulo Ney Almeida
Marcos Amin
Luiz Antônio Ramos
Justiniano Pedroso
Olívio Karasek Rocha
Eduardo Hamond Régua
Raimundo Colombo
Paulo Meller
Wenceslau Jerônimo Diotallévy
Wilfredo Brillinger
Celso Magalhães Carvalho
Romualdo Theophanes de França Junior
Dalmo Pickler Baesso
Ricardo Bridon Soares

Empresas

Construtora Roca
TEC – Técnica de Engenharia Catarinense
Prosul
Construtora Espaço Aberto
Consórcio Florianópolis Monumento
CSA Group Florida e CSA

Fonte:Assessoria de Imprensa – Deputado Bruno Souza