Comissão entrega relatório final para Imprensa

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apurou indícios de irregularidades na obra inacabada do Ginásio Poliesportivo, localizado na Praia do Golfinho, zona sul do Município, vai entregar o Relatório Final dos trabalhos para a imprensa regional, em Entrevista Coletiva na tarde desta quarta-feira, 01 de julho, a partir das 14:30 na Câmara de Vereadores de Balneário Arroio do Silva.

No encontro, os membros da CPI, vereadores Dionei de Souza Teixeira, PSDB, Presidente, Edmilson Aguiar (PP), Relator e Vanderlei de Souza, PSL, Membro, vão detalhar sobre o que foi apurado, desde a colocação de aterro bancado pela prefeitura e retirado de Área de Preservação Permanente, apontar os indiciados, entre outros assuntos que a imprensa achar por bem questionar.

Números da obra inacabada

Contrato inicial de R$1 milhão,799 mil e 77 centavos; Foram pagos à construtora Antares Empreendimentos e Serviços Ltda, EPP, R$ 1 milhão, 225 mil, 913 reais e 77 centavos, referente a 10 medições realizadas, com verbas oriundas do Governo Federal, além dos recursos pagos de verba oriunda pelo Município. A obra foi Iniciada no ano de 2014 e abandonada pela empresa Antares em 2016, vindo a colapso.

“Trabalhamos incansavelmente, respeitando os prazos, a quarentena da Covid-19, mas nunca deixamos de trabalhar, buscar provas e o resultado está aí. Esperamos que os órgãos competentes tomem as providências cabíveis em lei”, disse o presidente da CPI, vereador Dionei de Souza Teixeira, o Moranguinho. Já o vereador relator, Edmilson Aguiar, disse que o que mais lhe chamou a atenção nas oitivas foi o depoimento do proprietário da empresa Antares, Luiz Gonzaga Pereira, que ao ser questionado porque a obra desabou ele respondeu que foi por falta de pagamento. O vereador também lamentou o jogo de empurra entre as testemunhas, que demonstraram apáticos e dando respostas evasivas à comissão.
Fonte: Assessoria de Comunicação