Janeiro Branco reforça a prevenção e promoção da saúde mental

Quem cuida da mente cuida da vida. A frase é da campanha Janeiro Branco que ainda não é lei, como a da campanha Outubro Rosa, por exemplo, mas é muito importante para reforçar a prevenção e promoção da saúde mental.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), nos últimos anos as doenças mentais tiveram um aumento considerável, e esse resultado é motivo de grande preocupação entre os profissionais da saúde.

Para a Psicóloga Fernanda Plácido Reinaldo, coordenadora do Ambulatório de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde de Balneário Arroio do Silva, o Janeiro Branco é importante tanto para os profissionais que precisam renovar estratégias de trabalho quanto para os usuários dos programas oferecidos pelo Ambulatório, que agora possui atendimento diferenciado na Avenida Florianópolis, 560. Salas 01 e 02. “O ano está começando e nada melhor do que falar, colocar na agenda aquilo que você planeja para 2020 e principalmente que as pessoas saibam que temos o acolhimento no ambulatório com psicólogas e psiquiatras”, diz.

Dicas do Janeiro Branco

Se estiver se sentindo melancólico nessa época, lembre-se que é comum e ninguém está sozinho. Para manter uma saúde mental em dia, confira abaixo algumas sugestões do Ministério da Saúde:

Não se isole. Procure família e amigos e compartilhe suas angústias.

Vá ao médico. Mantenha suas consultas médicas regulares e compartilhe com os profissionais caso sinta melancolia ou sintomas depressivos.

Mantenha o tratamento. Caso o profissional da saúde tenha prescrito uma medicação e um tratamento, faça o acompanhamento adequado.

Faça exercícios físicos. Os benefícios da prática de esportes e outros exercícios estão comprovados na saúde mental.

Alimente-se. Tenha uma dieta regrada, e reduza o consumo de alimentos industrializados ou ultraprocessados. Prefira sempre os mais naturais.

Durma bem. Favoreça, sempre que possível, as oito horas de sono. Ter boas noites de sono colaboram com a saúde mental.

Mantenha o intelecto ativo. Leia livros, aprenda um novo idioma, pratique um hobby novo.

Sempre converse. Caso precise, entre em contato com os voluntários do Centro de Valorização da Vida (CVV). Os atendimentos são gratuitos, sob total sigilo, e podem ser feitos via telefone, e-mail, chat e voip 24 horas, todos os dias. Em parceria com o SUS, a ligação pode ser feita por meio do número 188, em todo o Brasil, seja por linha fixa ou celular. Acesse www.cvv.org.br para o chat.

Fonte- Assessoria de Comunicação