Prefeito Mineiro recebe Superintendente Regional da Caixa Federal e busca revisão contratual para a obra do ginásio de esportes

Em atendimento ao ofício encaminhado pelo município de Balneário Arroio do Silva, o prefeito Juscelino da Silva Guimarães, o Mineiro, juntamente com o secretário de Administração e Finanças, Wanderlei Luciano Nagel, Procurador Jurídico Daniel Menezes de Carvalho e Engenheiro Civil Richard Campos, recebeu em seu gabinete na última sexta-feira, 22 de novembro, o Superintendente Regional Sul da Caixa Econômica Federal, Ederson Cláudio Negri, Gerente Regional Rudolfo Mello, Coordenadora de Engenharia Maria Queiroz,  Engenheiro Cláudio e Gerente da agência de Araranguá, Stuart Parente.

Na conversa, o Superintendente da CEF deixou claro que o governo federal vai exigir a devolução dos recursos corrigidos, de R$ 1.257.000,00, independente do desabamento do telhado e a obra não ter sido finalizada. “A nova revisão contratual passa por um plano de recuperação de uma obra que ficou paralisada por um tempo, mas que sei que não faltou empenho do atual prefeito. Para tentar essa revisão contratual o município terá que solicitar a prorrogação do contrato e apresentar um novo orçamento ao Ministério dos Esportes”, disse Negri.

Próximos passos   

O prefeito Mineiro e sua equipe vão estabelecer um cronograma de trabalho, que prevê o reorçamento da obra e a licitação, mas tudo parte do pedido de prorrogação do empréstimo junto à Caixa Federal e depois entregar um projeto de recuperação da obra, em Brasília.

“É importante dizer que a obra ficou parada, mas o prefeito não. Desde que assumi o município tentei licitar a sua continuidade, tanto que estávamos com um reorçamento pronto, mas veio o desabamento e tivemos que chamar a Caixa para juntos buscar soluções”, diz o prefeito.

Para o secretário de Administração e Finanças, Wanderlei Nagel, a presença da equipe da Caixa Federal na prefeitura demonstrou que a instituição quer continuar sendo parceira na busca de soluções para concluir essa importante obra. Da estrutura do ginásio as paredes dos lados Leste e Oeste e Sul poderão ser aproveitadas. A cobertura, com o desabamento ficou sem utilidade.

Fonte:Assessoria de Comunicação Prefeitura de Balneário Arroio do Silva