Saúde do Arroio implanta Protocolo de Atendimento na Atenção Básica Projeto é pioneiro na região da Amesc e pretende zerar filas nos postos de saúde

Com o objetivo de humanizar o atendimento aos moradores que procuram as Unidades Básicas de Saúde, UBS, do município, a Secretaria Municipal de Saúde de Balneário Arroio do Silva está implantando os Protocolos de Enfermagem do COREN/SC, os quais são respaldados na lei 7.498 de 25 de Junho de 1986 que regulamenta o exercício profissional, habilitando a execução da consulta de enfermagem pelo enfermeiro.

O projeto, além de potencializar o trabalho da equipe de enfermagem, visa fornecer um cuidado humanizado através da escuta qualificada que será realizada por um técnico em enfermagem que irá direcionar o atendimento. Com a metodologia os atendimentos serão feitos de acordo com a prioridade clínica, ou seja, poderão ser agendados para atendimento no mesmo dia ou para outro dia de acordo com a queixa do usuário.

“Anteriormente as consultas eram marcadas nas recepções das unidades de saúde de acordo com o dia disponível na agenda, desta forma os casos que necessitavam de atendimento prioritário não eram identificados e com isso acabam procurando os serviços de urgência e emergência ou aguardavam na unidade de saúde para ver se alguém que tinha uma consulta agendada faltava e assim ser atendimento como “encaixe”, ressalta a enfermeira Simone Costa, coordenadora da Atenção Primária do Município.

Para chegar a este sistema, a equipe de gestores da Secretaria Municipal de Saúde foi conhecer experiências bem sucedidas em um município catarinense, que obteve reconhecimento nacional.

A proposta foi apresentada ao prefeito Juscelino da Silva Guimarães, secretários da Saúde, Paulo Martins dos Santos Jr. e da Administração e Finanças, Wanderlei Luciano Nagel, no início deste ano. O Município firmou convênio com o COREN/SC – Conselho Regional de Enfermagem de SC, que capacitou os enfermeiros do Arroio do Silva. “Aprovei a implantação do Protocolo porque entendo que a saúde é prioridade e todo cidadão tem o direito de ser bem atendido, vamos zerar a fila e humanizar o atendimento à nossa população”, destaca o prefeito Mineiro.

O que muda no atendimento

Com a implantação do Protocolo de Enfermagem, a equipe de enfermagem da Secretaria de Saúde podem solicitar exames, indicar alguns medicamentos e também solicitar consultas com especialistas. O projeto está sendo desenvolvido nas Unidades Básicas de Saúde: Paulo Lupinn (Centro), Valter Oliveira (Vila Isabel), Marinho Miguel de Souza (bairro Erechim) e Angelino Borges, da Praia da Caçamba.

O atendimento na prática  

Rosa Amélia Gonçalves é técnica de enfermagem há 12 anos, sendo quatro anos e meio na Saúde do Arroio do Silva. Já trabalhou em Florianópolis, onde o Protocolo do Coren já é atuante. Para ela o sistema de acolhimento facilita muito o atendimento da população e busca atender as necessidades do paciente. Para a enfermeira e professora de enfermagem Araceli Cutrin, com 12 anos na área, o projeto implantado, além de potencializar o trabalho do enfermeiro vai zerar as filas de espera. “Neste período de pandemia estamos nos adaptando à situação e procuramos encaminhar os pacientes para as unidades Marinho de Souza e Valter Oliveira, para não sobrecarregar a demanda na UBS Central. O importante é prestarmos um atendimento diferenciado e resolutivo”, afirmam  as profissionais.

Fonte: Assessoria de Comunicação